O antigo povoado de Choró hoje município tem sua origem centrada pelas dificuldades. Assim como tantos outros municípios do Nordeste. O então distrito do Choró surgiu numa época ruim. De seca onde mais uma vez o Ceará se via castigado por uma grande estiagem.

Mais um vez a solução encontrada era a açudagem. Assim como já tinha acontecido com o açude nas encostas da serra do Estevão. Traria água em abundância e ao mesmo tempo salvaria lavouras de fazendas circunvizinhas. E como em todo lugar onde existem trabalho e água existe fartura e muita gente, não tardou muito, com a notícia da construção do açude veio gente de toda a parte a procura de emprego na obra.

Muitos deles resolveram ficar construíram famílias, criaram laços e aos poucos ia surgindo o Choró de hoje. Primeiro um povoado, algumas fazendas, depois vila, distrito e hoje município.

Gentílico: choroense

 

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Choró, pelo decreto estadual nº 1156, de 04-12- 1933. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Choró, figura no município de Quixadá. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1955. Elevado à categoria de município com a denominação de Choró, pela lei estadual nº 4447, de 02-01-1959, desmembrado de Quixadá.

Sede no antigo distrito de Choró. Constituído de distritos: Choró, Caiçarinha, Daniel de Queiroz ex-Muxipo e Dom Maurício, todos desmembrados do município de Quixadá. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de distritos: Choró, Caiçarinha, Daniel de Queiroz e Dom Maurício. Pela lei estadual nº 6800, de 21-12-1963, foram criados os distritos de Marajá e Muquém e anexados ao município de Choró.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 6 distrito: Choró, Daniel de Queiroz, Caiçarinha, Dom Maurício, Marajó e Muquém. Pela lei estadual nº 8339, de 14-12-1965, o município de Choró é extinto, sendo seu território anexado ao município de Quixabá. Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, Choró é distrito de Quixadá. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 17-I-1991. Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Choró, pela lei estadual nº 11926, de 27-03-1992, desmembrado de Quixadá. Sede no antigo distrito de Choró. Constituído de 2 distritos: Choró, Caiçarinha. Desmembrado de Quixadá. Instalado em 01-01- 1993.

Pela lei municipal nº 27, de 15-09-1993, foram criados os distritos de Barbada Maravilha e Monte Castelo e anexado ao município de Choró. Em divisão territorial datada de 1995, o município é constituído de 5 distritos: Choró, Barbada, Caiçarinha, Maravilha e Monte Castelo Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1999. Pela lei municipal nº 172, de 13-11-2001, é criado o distrito de Santa Rita e anexado ao município de Choró. Em divisão territorial datada de 2007, o município é constituído de 6 distritos: Choró, Barbada, Caiçarinha, Maravilha, Monte Castelo e Santa Rita.